Arquivo da tag: Fernanda Brum

Como se cura uma ferida?

Bom Dia galera!

Ainda compartilhando o que vivi no Retiro, afinal, a boca fala do que está cheio o coração (Mt 12:34), preciso perguntar a vc? Como se cura a ferida? No retiro, temos o costume de dividir os jovens por grupos e nesse ano cada grupo recebeu o nome de um jovem que sofreu mudança radical. E na segunda-feira do feriado, o grupo José veio abordar assuntos relacionados com sentimentos, a espera, o pecado e o perdão. Coisa difícil é voltar a acreditar depois que alguém te feriu; enfrentar a amargura e a ansiedade, e obedecer a Deus perdoando aquele que mais que te ofendeu e machucou.

Foi nesse clima que o grupo Davi, refletiu em cima da tensa história dos irmãos Amnon e Tamar, filhos do Rei Davi, reproduzindo uma das cenas da peça “Jó” do grupo Jeová Nissi. E Deus ministrou cura interior naquele lugar.

Essa peça já havia marcado a nossa igreja, quando nosso ministério de teatro ganhou a autorização do próprio Jeová Nissi para reproduzí-la:

Entre outras peças do Ministério Jeová Nissi, recomendo a peça “Jó”, disponível em DVD. E deixo pra vocês a cena de Amnom e Tamar com a ministração de “Como se cura a ferida”, pela pastora Fernanda Brum (que tbm levou a cena para seu DVD).  Essa música foi orignalmente gravada pela Jaci Velasquez, que também tem cabelão liso e preto ;p #NadaAver …

Conheça mais sobre o Ministério Jeová Nissi: http://www.cianissi.com/

DEUS ABENÇÕE!

T.M.

Anúncios
Etiquetado , , , , ,

Paz para o Rio

Qual foi o carioca que não ficou grudado nos telejornais, rádios, internet, preocupado, nesses dias, em ouvir que houve um ataque no seu bairro, ônibus sendo queimados e outros parando de circular?? Essa semana, pessoas deixaram de ir trabalhar, estudar, até cultos foram cancelados. Nosso direito de Ir e Vir foi nos retirado.

Contudo, louvo a Deus, pois esse dia 28/11/10 ficará na história do Rio de Janeiro. A tomada do Alemão, simbolizado pelo asteamento das bandeiras do Rio de Janeiro e do Brasil pelos policiais, foi marcante. Que o Senhor ilumine nossos governantes e autoridades mais e mais. Que haja um novo tempo para o meu Rio de Janeiro. Que o Senhor me ensine a orar de verdade pelo meu país.

Como diz a Fernanda Brum:

“Clama Brasil, a paz para o Rio
Clama que Deus te ouvirá
Prepare um altar
Ofereça um louvor
Que o Rio sarado será
Clama, oh Rio
Que Deus te ouvirá
Seu pranto se transformará
Em alegria, teu povo dirá:
Pra sempre Yaweh Shamah

Saiba como tudo isso começou:

O tráfico se tornou um crime organizado no Rio de Janeiro a partir do final da década de 1970. O antropólogo Paulo Storani, que foi oficial do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar, diz que a cidade virou um ponto na rota de distribuição da cocaína que saía dos países andinos, em direção à Europa. À medida que a produção crescia nestes países, aumentava a oferta da droga dentro da cidade, e o preço diminuía para o usuário.

Nessa mesma época, surgiram as facções criminosas, dentro de presídios. Um grupo de presos comuns se uniu aos presos políticos para combater o bando que dominava as cadeias e que chegava a cobrar pedágio pela segurança dos detentos.

Os assaltantes comuns aprenderam as técnicas de organização e guerrilha dos militantes políticos. Segundo a antropóloga Alba Zaluar, logo os criminosos descobriram um novo negócio. “Eles ficaram sabendo que assalto não estava dando tanto dinheiro, o que estava dando muito dinheiro era o tráfico. E passaram então a traficar. O tráfico se expandiu com muita rapidez no início da década de 80”, disse.

O ex-oficial do Bope explica que as primeiras favelas dominadas em larga escala pelo tráfico foram a Mangueira, o Jacaré e o Morro do Alemão. Nos anos 1990, três facções disputavam os pontos de vendas de droga. As guerras entre elas fizeram os traficantes se armar cada vez mais.

“Eles armavam pequenos exércitos e invadiam a área ocupada pela facção rival, na tentativa de ampliar o seu mercado. A facção rival fez a mesma coisa, comprou armas tão poderosas, começou a se estruturar, e aí começaram a verificar a guerra do controle na droga do Rio de Janeiro”, explicou.

Ele acredita que isso aconteceu por negligência das autoridades públicas ao longo de muitos anos: “Por que conseguiram comprar armas? Diante das fronteiras continentais, uma incapacidade da União, dos estados que fazem fronteiras com países que fornecem drogas. Essa incapacidade de fiscalizar suas fronteiras, fez com que as armas chegassem em qualquer lugar do país”, afirmou.

Em 2008, o estado decidiu fazer uma experiência para pacificar as favelas. Surgiu a Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). No Morro Santa Marta, Zona Sul do Rio, foi instalada há quase dois anos a primeira UPP. O objetivo? Acabar com a violência e o domínio territorial do tráfico de drogas.

A UPP já levou policiamento permanente para 12 favelas na cidade. E cerca de 200 mil pessoas já não vivem sob o comando dos bandidos. A 13ª unidade está em processo de implantação. Será no Morro dos Macacos, onde no ano passado os traficantes derrubaram um helicóptero da polícia.

“A ideia que eles têm é de ocupação social, ocupação do estado, pela polícia. E uma redução significativa dos indicadores de violência, homicídio, e outros, a curto prazo”, explicou.

Os traficantes reagiram à perda de território e esta semana promoveram uma onda de ataques.

Fonte: globo.com (Do G1 RJ, com informações do Fantástico)

T.M.

Etiquetado , , , , , , ,

DT 12: Fotos

Uau! Não consegui parar para ver ainda nenhum vídeo da gravação do Dt 12 lá em BH, que ocorreu agora, início do mês. Mas, vamos combinar: pelas fotos, foi algo tremendo! As expressões de adoração são contagiantes! Glória a Deus! Não vejo a hora de sair o Dvd, né, por que com esse cenário todo, deu uma vontade louca de sair e comprar o Dvd. Tudo estava lindo….legal ver o pessoal do ctmdt lá e tbm pessoa como Fernanda Brum, Nívea e outros ministros de louvor. ( Eles não estão com uns ares australianos tbm?)

Etiquetado , , , ,

Troféu Talento 2009

trofc3a9u2btalento2b2008

É hora da Votação!! Confira os indicados para o Troféu Talento!

Continuar lendo

Etiquetado , ,

Que cajadada!

Lá na igreja, entre os amigos, a gente costuma conversar e normalmente o pastor acaba pregando sobre tudo o que a gente conversa…chega a ser engraçado…é maravilhoso ver como Deus fala!! E normalmente, e fala e nos “esbofetea” (como a gente fala), mas o bom é saber que isso acontece por que ele nos ama!!

E Deus tem falado conosco sobre sermos crentes cheios do poder!!!

E essa música da Fernanda Brum, me esbofeteou, por que ….veja por você mesmo!

Por Um Momento Assim

Fernanda Brum

Composição: Crystal Lewis / Versão: Fernanda Brum

Construí uma casa em uma ladeira
De um alto monte muito especial
Tenho vivido tão boa vida
Mais do que eu pedi, mas não o que sonhei

Quantas vezes ouvi tua voz chamando-me:
“sobe mais alto e maravilhas tu verás
Mas a tempestade poderá chegar”

Por um momento assim,
Não há grande risco para mim
Não tenho andado vazio a chorar,
Mas não caminho sobre as águas

Mas se eu volto atrás, como saber o que perdi?
Depois de haver esperado até aqui
Por um momento assim

Eu me contento em não fazer perguntas
Que agitem rios, que movam o mar
As águas quietas são mais tranqüilas
Acalmam o meu espírito com seu cantar
Que está impedindo-me
De desejar ser livre dessa indiferença espiritual

É que a tempestade poderá chegar
Às vezes há momentos de começar a voar
Em meio a temores

Foi esbofeteado?

Etiquetado ,
Anúncios